Um aluno do Colégio Estadual Olavo Bilac em Ibiporã publicou mensagens em uma rede social dizendo que entraria atirando na escola, a exemplo do que aconteceu em Suzano em São Paulo.

As postagens assustaram pais de alunos e mobilizaram Polícia Militar (PM), Ministério Público (MP) e o Núcleo Regional de Educação (NRE), mas nada de mais grave aconteceu.

Segundo a PM, o pânico começou com essa publicação no perfil do jovem

A família do aluno foi avisada das publicações. Um mandado de busca e apreensão foi cumprido na casa do jovem, mas nada de suspeito ou que pudesse oferecer risco foi encontrado.

O NRE orientou a suspensão das aulas na Instituição, mas a direção optou por manter as atividades nesta sexta-feira (22). Representantes do Núcleo foram até o colégio nesta tarde.

Fonte: Tarobá News

Comentar

Veja Também  Jovem é estuprada e acaba se apaixonando pelo próprio agressor
Loading...