Jeferson Barbosa da Silva, 27 anos, foi espancado durante um velório em Marialva, no noroeste do Paraná, no sábado (23). Ele é suspeito de ter assassinado a tiros Lucian de Oliveira, 27 anos, na sexta-feira (22).

De acordo com a Polícia Militar (PM), familiares da vítima do homicídio souberam que o homem estava no terminal rodoviário de Maringá, a cerca de 16 Km de distância de Marialva, pronto para fugir. Eles, então, foram até o local, capturaram o suspeito e o levaram a força para o velório, onde ele foi brutalmente agredido por amigos e parentes de Lucian.

A surra só parou quando a Defesa Civil foi até o local e interferiu. Jeferson foi socorrido pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) e encaminhado com traumatismo craniano ao Hospital Universitário de Maringá.

Conforme a instituição, ele passou por uma cirurgia e, nesta segunda-feira (25), permanece em estado grave, respirando com auxílio de aparelhos.

Jeferson passou a ser suspeito da autoria do crime porque, segundo informações, antes de morrer Lucian teria dito aos policiais que o responsável pelos disparos era alguém conhecido como Jé.

Fonte: Ric Mais

Comentar

Veja Também  Adolescente vítima de abuso sexual é resgatada de boca de fumo