O presidente da Câmara Municipal de Londrina, Ailton Nantes (PP), divulgou em plenário nesta terça-feira (26) representação protocolada por Fábio Rafael Ferreira Gomes, em que ele solicita a votação para a cassação do vereador Amauri Cardoso (PSDB). O munícipe é o mesmo que entrou com representações para a cassação de Mário Takahashi(PV) e Rony Alves (PTB).

A justificativa para o caso de Amauri Cardoso feita pelo munícipe é a agressão do vereador contra o deputado federal Emerson Petriv, o Boca Aberta (PRTB), que caracteriza, em sua opinião, quebra de decoro parlamentar.

Nantes explicou que após a leitura em plenário, a mesa executiva deve designar que a procuradoria jurídica da Câmara faça um parecer prévio da procedência do pedido de votação da cassação para que a defesa do vereador se manifeste em prazo de dez dias.

Amauri Cardoso afirmou que vai responder qualquer tipo de ação decorrente da briga com o deputado dederal.

Fonte: Paiquere

Comentar

Veja Também  Criança de 8 anos morre depois de levar coice e ser arrastada por cavalo