Um idoso morreu depois de ser atacado por um enxame de abelhas no bairro Santa Quitéria, em Curitiba. O corpo da vítima, que era deficiente físico, foi encontrado por um vizinho, na manhã deste domingo (31), na rua Professor Ulisses Vieira. Luiz Fernando Baptistin de 62 anos tinha as pernas atrofiadas e usava um andador para se locomover.

De acordo com os policiais militares que atenderam a ocorrência, um morador do bairro viu que as janelas da residência estavam abertas e resolveu chamar pelo senhor Luiz, que não respondeu. Ele constatou que a porta estava apenas encostada e ao entrar viu o idoso caído no chão da lavanderia.

Os policiais disseram que havia várias picadas de abelha pelo corpo da vítima. Eles encontraram uma colmeia no muro, no quintal da casa, ao lado de uma árvore frutífera. O perito criminal Marcos Teixeira, disse que o homem estava morto há pelo menos 48 horas.

“Ele deve ter tentado tirar alguma fruta, as abelhas atacaram e ele foi sucessivamente picado. O veneno da abelha deve ter dado algum efeito alérgico, pois ele está com as mãos bem inchadas”, afirmou o perito.

Segundo informações, o idoso morava sozinho e não tinha nenhum parente na região de Curitiba. Baptistin, tem um irmão, que é padre e mora em Santa Catarina. O Corpo de Bombeiros foi chamado para retirar a colmeia. O corpo do idoso foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba.

Com informações: Massa News

Comentar

Veja Também  Bombeiro em surto furta ônibus biarticulado em Curitiba