Presos de Ibiporã iniciaram uma greve de fome em protesto contra as más condições da carceragem. Os detentos estão se negando a receber as marmitas.

Eles alegam problemas da superlotação e transmissão de doenças. Com capacidade para 54 presos, o local abriga atualmente cerca de 200 homens, situação que oferece risco aos carcereiros e aos moradores do entorno da cadeia.

Em um vídeo gravado de dentro da carceragem, eles denunciam as más condições e fazem um apelo ao juiz Katsuji Nakadomari, da Vara de Execuções Penais (VEP) e Corregedoria dos Presídios, para que haja a transferência de detentos.

Fonte: Tarobá News

Comentar

Veja Também  Corpo de recém-nascido é encontrado a margem de rodovia em Andirá
Loading...