Ícone da comunicação, morre José Maria Makiolke, o Zezão

Uma das principais vozes do rádio brasileiro e da Paiquerê 91,7 descansou na madrugada desta terça-feira (14). José Maria Makiolke, conhecido carinhosamente como Zezão, faleceu aos 71 anos em decorrência de falência múltipla dos órgãos. Ele estava internado no hospital Mater Dei e há alguns anos lutava contra o Mal de Parkinson. Por conta da doença seu estado de saúde foi ficando debilitado ao longo do tempo. O velório será na Câmara Municipal, a partir das 10h, e o enterro às 17h no cemitério São Pedro. O prefeito Marcelo Belinati (PP) decretou luto oficial de três dias.

Considerado por muitos fãs e profissionais da área um dos maiores comunicadores na história de Londrina, trabalhou até o seu último ano de vida nas ondas do rádio. Zezão ficou marcado com um bordão que resume o homem e amigo que foi para todos seus companheiros e ouvintes: “alegria, alegria, alegria, gente boa”.

Foi repetindo a palavra alegria como uma voz inconfundível, e sempre com um sorriso no rosto, que Zezão trabalhava levando informações e bom humor. O apelido era justo para o grande homem que foi, não só no tamanho, mas no coração, ajudando diversas pessoas e a causa animal. Por muitos anos cuidou de dezenas de cachorros e gatos, os resgatando das ruas.

  • Carreira

Ao longo de 54 anos de carreira, Zezão passou pelo teatro, rádio, TV e shows. Mesmo andando com dificuldade nestes últimos anos, fazia questão de comparecer ao prédio da Paiquerê, na avenida Higienópolis, para comandar a programação da emissora.

Nasceu em Londrina em sete de novembro 1947. Começou sua carreira artística na Companhia de Teatro Estudantil Iracema Luí. Entrou na Rádio Difusora aos 16 anos após ser aprovado em primeiro lugar na seleção de elenco para radioteatro. Com destaques em radionovelas, foi tentar carreira no Rio de Janeiro na TV, com o objetivo de realizar um sonho de ser ator de novela e atuar no cinema. Na cidade maravilhosa atuou nas rádios Tupi e Tamoio. Ficou por mais de um ano por em terras cariocas e decidiu voltar para solo londrinense.

Veja Também  Após comentário no Twitter, Sônia Abrão faz seguidor passar vergonha

No retorno, aos 24 anos, começou a realizar shows. Foi em homenagem a Elvis Presley que Zezão se apresentou em palcos de Londrina e diversas cidades da região. Em 1992 resolveu entrar para política e foi o vereador eleito com o maior de número de votos, cumprindo apenas um mandato.

Na TV local apresentou por 25 anos os principais telejornais da TV Coroados, afiliada à Rede Globo, atual Rede Paranaense de Comunicação (RPC). Somou passagem pelo Jornal Nacional – edição local. Na Paiquerê 91,7 Zezão se dedicou décadas de sua vida. Apresentou e participou de diversos programas da emissora. Os últimos foram “Programa do Zezão” que agitaram muitas tardes dos ouvintes e “Zezão, seu amigo da noite”, neste ano.

  • Reconhecimento

Em dezembro de 2013 ganhou o título de Cidadão Benemérito de Londrina da Câmara Municipal.

No Portal Paiquerê, Zezão mantinha o “Blog do Zezão”, em que relembrava sua trajetória:

Fonte: Portal Paiquerê

Comentar