Após ser detido, youtuber faz vídeo de esclarecimento e diz que situação foi “azar do destino”

O youtuber Renato Garcia, de Londrina, divulgou vários vídeos na noite de quarta-feira (22) comentando a sua detenção, pela Polícia Militar (PM), durante uma festa. O conteúdo foi divulgado no Instagram pessoal de Renato, mas foi publicado como uma sequência por um fã-clube do comunicador.

O jovem, de 24 anos, foi detido na madrugada do mesmo dia, depois que os agentes encontraram um revólver e um pacote com munições no local em que ele estava.

Em stories no Instagram, o youtuber afirmou que dava uma festa de despedida da residência para os amigos e que gravaria um vídeo no local. Garcia, que tem mais de 13 milhões de inscritos em seu canal, alegou que estava se mudando e que a comemoração seria a última realizada na casa.

De acordo com a Polícia Militar (PM), vizinhos fizeram denúncias de som alto e “algazarra”. Mesmo assim, Renato declarou que estava no local apenas para a gravação. “A gente só estava lá para fazer um vídeo. Inclusive só estava eu e minha câmera, mais nada”, defendeu.

No local, os agentes encontraram um revólver calibre 38, mais de 50 munições, além de porções de maconha. Por conta disso, e também por ser proprietário da casa, o youtuber foi encaminhado à delegacia.

A Polícia Militar (PM) afirmou que outro jovem, que também foi detido, assumiu a propriedade das armas. Renato Garcia prestou depoimento e foi liberado em seguida.

O youtuber ainda afirma que a detenção ainda foi algo bom. “Querendo ou não, isso foi até bom isso ter acontecido. Agora eu vou ficar mais esperto com as amizades que eu tenho. Foi importante também para ver quem é amigo de verdade”, explicou Renato. Ao final do vídeo, o jovem caracterizou a detenção como um “azar do destino”.

Veja Também  Em Londrina, polícia apresenta homem que estuprou e matou a própria mãe

Veja o video:

Fonte: Massa News

Comentar