Padre é afastado da Igreja após postar foto de cueca e assumir relação sexual com loira

Um padre, de 58 anos, que trabalhava como sacerdote na cidade de Pedrógão Grande, em Portugal, foi afastado da Igreja após postar uma foto em sua rede social apenas de cueca e meias. Júlio Santos apagou a publicação no Facebook logo em seguida, porém, a imagem causou polêmica.

Em entrevista ao jornal português Correio da Manhã, o homem assumiu a autoria da publicação, revelou que foto foi tirada por uma loira após uma relação sexual e afirmou que é um “danado para a brincadeira”.

A foto em que Júlio Santos aparece seminu em uma cama de hotel foi publicada no seu próprio perfil no Facebook. Instantes depois a imagem não estava mais lá, entretanto, foi o suficiente para a foto se espalhar pelas redes sociais e gerar uma grande polêmica.

Depois do episódio, o sacerdote foi convocado para uma reunião de esclarecimentos com a Igreja Católica. De acordo com Júlio, ele assumiu a autoria da polêmica e acabou sendo afastado do cargo, após 31 anos com a batina.

Após o episódio envolvendo a foto e seu afastamento da Igreja, Júlio concedeu uma entrevista ao jornal português Correio da Manhã e, acreditem, a polêmica aumentou!

O ex-padre revelou que a maior curiosidade das pessoas era de quem teria tirado a foto. Sem muito mistério, o homem revelou “foi uma loirinha com quem dei uma rapidinha”. Ainda segundo Júlio, eles estavam em um quarto de hotel na cidade de Porto, a 171 quilômetros da província onde trabalhava.

Na entrevista ao jornal, o ex-sacerdote deu a entender que as relações sexuais eram frequentes, no seu caso. “Sou maroto, sou danado para a brincadeira e mesmo que tente mudar isso, não consigo. Eu nunca me apresentei às pessoas como santo. A nossa parte afetiva é fundamental, negar isso era matar-me a mim mesmo”, contou.

Veja Também  Padre quer sacrificar cadelinha que assiste missa

Depois do seu afastamento do cargo religioso, Júlio voltou a utilizar as redes sociais, mas desta vez para se despedir dos fiéis. Em um grupo de moradores da província de Pedrógão Grande, o homem publicou um texto agradecendo ao carinho de quem acompanhava seu trabalho e alegou sair de cabeça erguida.

No final, o ex-padre ainda pediu para que os fiéis aproveitem mais as praias de nudismo da região.

Nos comentários a maioria das pessoas desejaram boa sorte e agradeceram ao trabalho de Júlio Santos.

Comentar