Homem desaparecido pode ter virado comida dos próprios cães

Um homem desaparecido no Texas, nos Estados Unidos (EUA), teve o paradeiro descoberto após alguns meses. De acordo com a polícia, Freddie Mack, de 57 anos, pode ter virado comida dos próprios cachorros.

Conforme informações da Fox News, a investigação apontou que a vítima apresentava quadro de saúde frágil. Entretanto, não foi possível explicar se os animais o mataram ou o comeram após o homem já estar morto.

De acordo com o xerife responsável pelo caso, um grupo de agentes foi até a casa onde Freddie vivia, mas foram impossibilitadas de realizar buscas na propriedade, que era guardada por 18 cães extremamente violentos. Segundo familiares do homem, ele era uma pessoa reclusa e muito apegado aos cães.

Dessa maneira, devido às circunstâncias, a polícia passou a monitorar a região por meio de um drone. Em seguida, um dos detetives viu um fragmento ósseo no terreno, e então decidiu pedir um mandato de busca.

No local, logo depois dos oficiais conseguirem entrar na propriedade, vários outros vestígios humanos foram encontrados. Todos eram de Freddie.

Por fim, dois cães acabaram mortos pelos próprios companheiros caninos durante a operação. De acordo com a polícia, os animais foram sacrificados devido ao comportamento agressivo.

Comentar

Veja Também  Artista é sufocado por cobra na frente dos filhos após truque de mágica falhar