Florestópolis; caminhoneiro morre em confronto com a PM na PR-170

(Foto: divulgação/Polícia Militar)


Um caminhoneiro que transportava uma carga de cigarros morreu em um confronto com a PM (Polícia Militar) na tarde de sábado (5) na PR-170 em Florestópolis (Região Metropolitana de Londrina).

De acordo com a PM, o 5º BPM (Batalhão de Polícia Militar) de Londrina recebeu informações de que indivíduos da região de Londrina estariam em um caminhão de cor prata, com carroceria de madeira, vindo das proximidades da fronteira com o Paraguai, carregado possivelmente com armas e drogas, além de possível alerta de furto.

O veículo deveria utilizar rotas menos movimentadas para tentar evitar fiscalização, com trajeto por Florestópolis e Primeiro de Maio. Equipe do Choque iniciaram patrulhamento e, por volta das 15h, no quilômetro 20 da PR-170, foi visto um veículo com as características suspeitas.

A PM utilizou giroflex e sirene para tentar abordagem, mas o motorista teria acelerado o veículo por vários metros, bem como tentou diversas vezes “fechar e colidir contra a viatura, parando de maneira abrupta.

Os policiais saíram para abordar o condutor do caminhão, que teria descido com uma arma de fogo em punho, apontando-a em direção à equipe da PM. Foi dada ordem para que largasse a arma, mas o suspeito não obedeceu.

Então, os policiais atiraram no caminhoneiro, que foi a óbito no local. O IML (Instituto Médico-Legal) de Londrina o identificou com Tiago Moura Tarelho. Em vistoria no caminhão, foram constatados indícios de adulterações e uma grande quantidade de cigarros, encaminhados à PF (Polícia Federal).

Comentar

Veja Também  Homem é morto a tiros na Rua Campo Bonito em Telêmaco Borba